segunda-feira, 26 de junho de 2017

Simulado...

É depois que me tornei mãe, a sensação de que o tempo VOA se tornou bem mais nítida!!
E hoje ao ver meus filhos acordarem, se arrumarem e irem pra escola pra fazerem um simulado, me fez ter essa sensação novamente!
Custo acreditar que com a Tainá já temos conversas sobre estudar fora, que curso ela pretende cursar entre outros pontos que fazem meu coração sofrer antes da hora.
Realmente o tempo voa!




sexta-feira, 23 de junho de 2017

Eu li...

E o primeiro lido do mês de junho foi A divina comédia de Dante Alighieri, mas um clássico da literatura mundia pra minha lista ( que ainda é humilde).
Confesso que a ideia central da história achei muito interessante, porém a linguagem utilizada é muito chata e difícil em vários momentos. O que me fazia me desconcentrar e voltar várias vezes trechos pra me situar novamente.
A história conta o trajeto de Dante do Inferno até chegar ao céu, onde ele conta com detalhes o que vê, o que encontra e conversas sobre suas dúvidas.
Apesar da linguagem EXIGIR muito foi uma leitura que senti orgulho em realizar.
Fica a dica.

Sinopse:

Texto fundador da língua italiana, súmula da cosmovisão de toda uma época, monumento poético de rigor e beleza, obra magna da literatura universal. É fato que a 'Comédia' merece esses e muitos outros adjetivos de louvor, incluindo o 'divina' que Boccaccio lhe deu já no século XIV. Mas também é certo que, como bom clássico, este livro reserva a cada novo leitor a prazerosa surpresa de renascer revigorado, como vem fazendo de geração em geração há quase setecentos anos.
A longa jornada dantesca através do Inferno, Purgatório e Paraíso é aqui oferecida na íntegra — com seus mais de 14 mil decassílabos divididos em cem cantos e três partes — na rigorosa tradução de Italo Eugenio Mauro, vencedora do Prêmio Jabuti e celebrada por sua fidelidade à métrica e à rima originais. A edição traz ainda, como prefácio, um inspirado ensaio de Otto Maria Carpeaux.

quarta-feira, 21 de junho de 2017

Muay Thai

É a tentativa de que Tainá goste de praticar algum esporte continua! Tainá já passou pelo volei, pilates, fez dança HIP HOP e ballet (quando muito nova), mas com o mesmo entusiamos que ela começa ela deixa de gostar em um estralar de dedos.
Ela está há tempos parada, e eu desde sempre perguntando: Tainá o que você quer fazer??
E ela sem responder! Então por conta e risca a levei pro Muay Thai, ela foi a contra gosto, se pudesse me bater acredito que faria, mas foi e continuará indo!
quem sabe por este que ela não queria fazer ela se ache.
Começou hoje 21/6...


E sim, sou aquela mãe que acha mega importante a prática de esportes. Tainá está numa fase que só quer saber de ficar em casa escutando música, e acho que o esporte ajudará ela interagir com pessoas além da sala de aula!Fora que faz um bem danado pra mente e corpo.